sábado, 13 de setembro de 2014

Amizade...

Amizade,
Palavra esvaziada pela
Fome consumista daqueles que
Só veem o que se tem
E não o que se é...

Amizade,
Palavra repleta se sentido
Quando se ancora naquele que
É puro amor...
Naquele que é, era e será!

Da beleza da humanidade
Que aprende a partilhar a vida
Sob o signo de amizade,
Nasce a certeza de que, um dia,
O céu também será assim...

Espaço luminoso onde,
A única e maior benção,
Será estar em comunhão,
Na presença paterna e fraterna...

Na imperfeição da terra,
Experimentamos a beleza
Do que há de vir,
Quando a história se torna partilhada
E a vida se torna melhor,
Simplesmente porque se pode dizer,

Amigo e amiga…


P.S.: Retomando as postagens no blog. Estava com saudades...

Um comentário:

  1. Linda poesia padre Maikel... novo espírito e novos pensamentos.

    ResponderExcluir