domingo, 12 de fevereiro de 2012

Entardeceu...

Entardeceu! O sol que ardeu no céu durante o dia se cansou de sua tarefa. Chegou a hora de dormir! Vai se deitar por detrás da casa da Senhora do Carmo. Quer encontrar abrigo e proteção... Com ele vai-se o labor deste dia. Venha a lua com seu fulgurante frescor iluminar as barras de minha casa. Que o repouso aconteça! Que a alma e corpo descansem rodeados pelas lamparinas dos anjos de Deus! Estrelas acesas, pontinhos fosforescentes no véu escuro da noite...

Nenhum comentário:

Postar um comentário