quarta-feira, 29 de junho de 2011

Tríduo do Sagrado Coração - 1º dia

Coração – Sede dos sentimentos: Evangelizar as profundezas de nossa humanidade.

 

Texto Bíblico: Provérbio 15,1-33

 

Reflexão: Uma das coisas que nos caracteriza como seres humanos é o fato de sentirmos conscientemente. Quando amamos, sabemos que estamos amando. Quando sofremos, sabemos que estamos sofrendo. Mais do que isto, podemos refletir sobre nossos sentimentos. Na tradição bíblica, o coração aparece como o lugar da profundidade do humano, dos sentimentos sem máscaras, da vida e da morte em toda a sua força. Sacrário onde nossa humanidade se encontra sem véus com o Deus da Vida, as profundezas do coração humano acabam por se formar como lugar privilegiado da verdadeira conversão (Mt 6,21). Se a verdade intelectual, absorvida a partir de conhecimentos adquiridos, não é tocada e nem toca esta profundidade, morre na esterilidade, não produzindo vida.

Evangelizar as profundezas de nosso coração, portanto, de nossa humanidade, passa pela reflexão orante das ressonâncias daquilo que sentimos diante daquilo que se nos acontece. Faz-se necessário a busca de nossas próprias raízes, de nossos traumas, de nossas alegrias, enfim, daquilo que ao longo dos anos foi nos forjando ao longo da história. A partir daí, no processo de perceber e, de certa forma, trazer à palavra aqueles sentimentos e pulsões mais profundos que habitam nosso coração, podemos deixar que a Palavra do Senhor faça seu caminho em nós. Consciência de si para poder se deixar ser como Deus quer. Tocar os porões da própria história para que sejam redimidos na graça do Cristo.

 

Oração: Deus e Senhor da Vida, na vossa presença queremos derramar nossos corações. Dai-nos a graça de crescer no conhecimento de nós mesmos. Queremos descer ao mais profundo de nosso coração e ali encontrarmo-nos convosco. E, neste diálogo de amor, apresentar-vos nossas vidas, desejos, belezas e feiúras. Nós como somos. Tomai nosso coração em vossas mãos criadoras, redentoras e santificadoras. Concedei-nos a graça de, tocados por vossa presença, deixar que nossas histórias sejam tocadas por vosso amor que transforma. Curai as feridas da caminhada e consolide aquilo que em nós manifesta a vossa presença. Pedimos para este dia e para nossas vidas a luz de vossa benção que ilumina nossas sombras. Amém!


P.S.: Na noite de amanhã postarei o segundo dia.


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Um comentário:

  1. Qdo se abre o coração para "ouvir", sente-se a luz divina a nos mostrar algumas coisas q nos passam despercebidas...
    Essa oração me tocou muito e no momento oportuno.
    Obrigada, Deus o ilumine sempre!!

    ResponderExcluir