sábado, 30 de abril de 2011

II Domingo da Páscoa

II Domingo da Páscoa


1ª leitura: At 2,42-47: Esta breve leitura dos Atos dos Apóstolos nos apresenta o ideal da vida cristã em comunidade a partir da descrição do que teria sido a comunidade cristã do primeiro século. Alguns autores levantam questões sobre a historicidade desta descrição. Contudo, mais do que levantarmos tais perguntas, é de suma importância fazermos com que nossos caminhos pessoais e comunitários se direcionem nesta direção, buscando a cada dia crescer na unidade com o Cristo, aquele que nos une no seio da Trindade como um só corpo, um só povo, templo da presença de Deus. Disto ocorrerá o crescimento da comunidade, pois é o testemunho daqueles que crêem que provoca os homens para a fé.


2ª leitura: 1Pd 1,3-9: O apóstolo ressalta a profundidade do novo nível de qualidade de vida para o qual Cristo nos chamou em sua entrega de vida que vence a morte. A fé, dom do Espírito do Ressuscitado, é que mantém a comunidade firme na certeza de sua participação no Mistério do Cristo. Mesmo sem terem visto, os cristãos dos séculos permanecem nesta presença do Ressuscitado em Espírito e Verdade.

Evangelho: Jo 20,19-31: Três pontos precisam ser destacados nesta leitura: a aparição do Mestre, o envio dos discípulos e o reconhecimento do Ressuscitado por Tomé. Quanto a aparição, é mister reconhecer que aquele que ressuscitou é o mesmo que fora morto na cruz: "Vede minhas mãos e meus pés.". O acontecido na cruz é marca de reconhecimento da realidade do Cristo. Este mesmo que entregou sua vida na cruz, envia os discípulos na continuidade de sua missão. Eles continuarão nos tempos a realidade salvífica do Mestre, pois, Ele mesmo é quem continua a agir naqueles que o seguem, através do Espírito. Por fim, a importância da fé é ressaltada. A realidade do Cristo não é mais física, mas em Espírito e Verdade. Tomé quis ver a realidade física, mas o mais importante é crer, ou seja, ver com os olhos da fé o profundo da realidade.

Breve reflexão: Nas leituras de hoje podemos ver com profundidade a realidade para a qual a comunidade dos fiéis é chamada. Uma nova qualidade de vida, baseada na unidade fraterna e na continuidade da ação do Mestre se instaura com o Cristo. Do medo e da restrição, a comunidade discipular pós-pascal se vê cheia de alegria e coragem para continuar, no mundo, a presença daquele que a congrega.
A fé e, conseqüentemente o testemunho, surgem com grande força. Uma profunda inter-relação se estabelece: a fé provoca o testemunho, ao mesmo tempo em que o testemunho provoca a fé de novos que irão acreditar. Desta forma a fé se mostra viva e para a vida. Encarnando-se, o Verbo manifestou a Vida que vem de Deus para todo ser-humano. Na unidade de vida com o Ele, inclusive na cruz, os discípulos encontram a realização do lugar querido por Deus para a humanidade.
O tempo pascal frisa profundamente o testemunho. Seguir o Cristo de perto, conformando nossas vidas à dele, crescendo rumo à plenitude de vida que é unidade fraterna entre nós e com a Trindade. Aproveite este tempo pascal para firmar os passos nos caminhos redentores do Cristo, e mais, percebendo quais são os lugares nos quais você é chamado a dar testemunho do Cristo com seus gestos e palavras.


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

3 comentários:

  1. MUITO LINDA SUA REFLEXAO, ACABEI DE CHEGAR DA SANTA EUCARISTIA, E O NOSSO PÁROCO RENATO COUTINHO,FALOU MUITO SOBRE ESSE TESTEMUNHO DO RESSUSCITADO NA VIDA DOS CASAIS PRINCIPALMENTE AQUELES QUE JÁ PASSAM DOS 40 E CINQUENTA ANOS DE CASADO, É PELA FÉ QUE VENCEM TODOS OS OBSTÁCULOS.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário. Cresce em nossos tempos a necessidade de se expressar concretamente nossa fé em Cristo Jesus. Continuemos caminhando. Que o Senhor continue a nos iluminar e fazer frutificar nossas obras!

    ResponderExcluir
  3. Precisamos agir como nos diz os Atos dos Apóstolos , dividiam tudo em comum,com amor, sem disputa de poder,pois a fé em Jesus é maior do que qualquer bem material.Feliz daquele que cre sem nunca ter visto. Eroneti Angeli Becalli

    ResponderExcluir