quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Liturgia do Dia: Memória de Nossa Senhora das Dores

A memória da Virgem das Dores chama-nos a reviver o momento decisivo da história da salvação e a venerar a Mãe associada à paixão do Filho e ao lado dele elevado na cruz (Jo 19,25-27; papa Paulo IV, em "Marialis Cultus", 7). Sua maternidade assume no Calvário dimensões universais (Paulo IV, ibidem, 37). Esta memória de origem devocional foi introduzida no calendário romano pelo papa Pio VIII (1814).
(cf. Missal Romano)

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário