domingo, 10 de janeiro de 2010

Poemas...

De Carlos Drummond de Andrade

Poesia

Gastei uma hora pensando em um verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda minha vida inteira.


Hoje, se Deus quiser, um abençoado dia de muito trabalho e oração. Abraço a todos. Deus abençoe.

Boa noite, para quem estiver vendo de noite. Bom dia, para quem estiver vendo de dia.

Rezemos uns pelos outros. Sigamos caminhando!
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário