sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Meu natal e o homem no sinal...



Como alguns já sabem, hoje foi meu aniversário. Foi um dia intenso, com muitos compromissos e encontros. Idas e vindas que vão reforçando os laços de pertença de muitos em meu coração. Almoço com a comunidade redentorista, várias ligações durante o dia, a presença, mesmo na distância, de tantos que amo, mais de uma centena de e-mail's, a celebração da eucaristia e uma bela comemoração preparada por meus paroquianos. Pequenas experiências de Deus. Espaços profícuos onde pude experimentar a presença do Senhor da Vida e da História. Tudo isto me levou à oração. A frase que meditei durante todo o dia: "em tudo, daí graças a Deus, pois esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus" (1 Ts 5,18).

É bom se sentir querido, amado. Como acredito, o amor redentor de Deus em Jesus se manifesta hoje quando nos fazemos irmãos. E foi justamente isso que experimentei. Se eu pudesse reencontrar (embora faça isso agora na oração) cada pessoa que dedicou seu carinho a mim neste dia, eu diria: Muito obrigado!

Contudo, minha lembrança na oração noturna se voltou aos esquecidos. Quantas pessoas estão na história sem serem lembradas, esquecidas em algum canto do mundo: hospitais, sarjetas, presídios etc. Quantos rostos de Deus perdidos em meio à correria nauseante e a cadeia produtiva. Lembro-me apenas de um fato: nesta tarde, quando me dirigia para a casa de minha prima, ao parar em um sinal, fui abordado por um senhor, da idade do meu pai, pedindo para limpar o parabrisas do meu carro. Era exatamente o horário do descanso daqueles que tinham comido um belo almoço de natal. O menino ainda continua nascendo no desamparo!...

Junto a todos aqueles que me concederam um pouquinho de afeto hoje, nesta oração noturna, coloco todos estes rostos do menino Deus, perdido no desamparo das "grutas" de hoje. Rostos que encontram seu signo naquele homem do sinal. Que Deus nos conceda a graça de um coração humano, que não se perca na insensibilidade, e de olhos divinos, que consigam ver os caminhos necessários da justiça. Amém!


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário